Um blog de poemas que não querem ficar esquecidos

09
Mar 11

Lembram-me as estrelas

De como o universo é enorme,

Onde reina a lua no trono onde o sol dorme,

 

Lembra-me a noite

Que amanhã é só mais um dia,

Onde o sol acorda e desperta a maioria,

 

Lembram-me as pessoas

De como o mundo é cruel,

Onde tiro a minha senha e giro de novo no carrossel,

 

Lembram-me as lembranças

Que é tempo de esquecer,

Onde uma folha só não chega para tanto mais escrever,

 

Lembram-me as palavras

Que disseste por dizer,

Disseste que dirias para te ver

Apenas nas estrelas que contemplo ao anoitecer,

 

Lembram-me as letras

Que pingam da caneta,

Que o universo é enorme e passa sempre mais um cometa.

 

 

by Ruben Teixeira

 

"obrigado a tudo o que me inspira"

publicado por r-de-rir às 14:14

Escreves à grande. Gosto bué mesmo.
Ana Ventura a 17 de Março de 2011 às 11:37

Março 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
19

20
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO