Um blog de poemas que não querem ficar esquecidos

01
Mar 11

Lá longe onde fica a memória,

Para lá das dunas da história,

Jaz a lembrança dela

 - Dorme sossego...!

 

Lá fundo onde eu não chego,

Que para tão longe o atirei

 - Dorme sossego...! Não voltes sentimento.

 

No cimo deste monte,

Vejo-te sol no horizonte,

Entre nuvens nesta ponte

 - Chegarei! Onde para tão longe te atirei.

 - Descansa emoção...

 

Por entre fechaduras de portas trancadas,

Entre poesias na lareira queimadas

 - Acorda lenha, e levanta-me do chão!

 

 

by Ruben Teixeira

 

"Obrigado a tudo o que me inspira"

publicado por r-de-rir às 11:07

Março 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

posts recentes

Noites à Lareira

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO